O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

sábado, 20 de maio de 2017

Geninho mantém formação do ABC para enfrentar o Internacional


ABC realizou o último treino no campo do Sesc, em Porto Alegre (Foto: Andrei Torres/ABC)
O ABC finalizou na tarde de ontem sexta-feira a preparação para o jogo contra o Internacional. A atividade foi realizada no campo do Sesc, em Porto Alegre. Geninho comandou um trabalho tático e voltou a repetir os testes no setor ofensivo, iniciando o treino com Gegê e Echeverría e, depois, colocando Adriano Pardal e Zotti, respectivamente. No fim do trabalho, a equipe alvinegra realizou um "rachão".
A equipe titular neste sábado será a mesma da estreia na Série B, quando empatou sem gols com o Paraná, no Frasqueirão. O Mais Querido vai para o jogo no Beira-Rio com Edson; Bocão, Oswaldo, Cleiton, Eltinho; Anderson Pedra, Felipe Guedes, Gegê, Echeverría, Erivélton; Nando. Será o segundo confronto entre as duas equipes na história. A única vez que se enfrentaram foi pelo Campeonato Brasileiro de 1972, com vitória do Colorado por 2 a 1, no antigo Castelão, em Natal. 
Por GloboEsporte.com, Natal

Cascata reforça busca pelo acesso

Cascata inicia neste domingo a sua quarta passagem pelo América-RN. Desta vez, com a responsabilidade de conduzir o elenco alvirrubro na disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, a primeira na história do Alvirrubro. A estreia será contra o Murici, às 16h, na Arena das Dunas, local onde o experiente meia guarda boas memórias e decepções com a camisa americana. Para o primeiro jogo no Brasileirão, o jogador reforçou o convite para os torcedores e espera ver o estádio lotado para incentivar a equipe em campo. O Mecão está no grupo A9, que ainda tem Jacobina e Sergipe.
LEIA MAIS 
>> Leandro Campos define equipe do América-RN para estreia
>> Dispensado pelo Guarani, Uederson reforça América-RN
>> Bruno Furlan volta a sentir o joelho e deixa o América-RN
Foto: Diego Simonetti/Blog do Major)
O nosso torcedor vai lotar a Arena das Dunas para nos apoiar nessa estreia, em que se cria uma expectativa muito grande porque o time foi formado há pouco tempo, mas todos têm a consciência de que precisamos fazer um grande trabalho para alcançar os nossos objetivos. Não podemos pensar em acesso sem antes vencermos as nossas partidas. Tudo começa no domingo e esperamos fazer uma grande estreia em casa. Nós sabemos que os nossos torcedores vão nos apoiar, porque precisamos muito do apoio deles. Eles sabem que fazem a diferença. Já falei para o pessoal que quando o time está bem, eles jogam junto, mas quando está mal, a cobrança vai existir. Isso não é só no América-RN, é em todo time de massa e espero que no domingo nós estejamos em um dia muito bom para conseguir essa vitória - planejou o camisa 10 do Mecão. 
Eliminação do Mengão vira exemplo no Mecão
Para avançar à segunda fase da Série D, a estratégia do América-RN é simples, pelo menos na teoria: vencer os três jogos em casa e "beliscar", ao menos, um ponto fora de Natal. Para que o planejamento saia do papel, Cascata reforça a obtenção do maior número de pontos possíveis e usou a eliminação do Flamengo na Taça Libertadores nesta semana como exemplo. O Rubro-Negro venceu os três jogos como mandante, em atuações no Maracanã, mas não fez sequer um ponto como visitante. Não pode ser perdido, não deve ser perdido e não vamos perder. Nós tivemos um exemplo muito grande que foi o jogo do Flamengo, que venceu as três (partidas) em casa e não somou um ponto fora. Se a gente pegar a Série D, é semelhante. Precisamos 'matar' todos os jogos em casa e também pontuar fora de casa. Até porque, não se classificam todos os segundos colocados e vamos buscar a primeira colocação, respeitando as outras equipes. Nosso objetivo primeiramente é classificar - contou o meia. 
Em busca do entrosamento
Mesmo com a equipe titular definida para a estreia na Série D, o América-RN ainda não tem o entrosamento desejado pelo técnico Leandro Campos. A prova disso é a grande quantidade de passes errados durante o coletivo realziado nesta sexta-feira, na Arena das Dunas, o que acabou irritando o treinador. Para Cascata, a falta de conhecimento do perfil de jogo do companheiro de time prejudica, mas o meia aposta na conversa e no bom relacionamento dos jogadores no dia a dia para buscar o melhor aproveitamento na competição. O ambiente está muito bom, a gente vem sempre conversando e eu converso muito com o Lucão e com o Jean Silva, que nunca jogamos juntos e nem nos enfrentamos. Então, a gente não tem ideia de como eles gostam de receber a bola, eles não têm a ideia de como eu gosto de receber a bola. Eu converso bastante com o Marcos (Júnior) no meio-campo, o Guto eu já conheço, o Cleyton já tem essa ideia do passe. Então, a gente vem conversando bem. O adversário vem recebendo alguns jogadores, mas eles mantiveram a base do estadual. Mas, volto a frisar, a responsabilidade de vencer a partida é totalmente nossa. De 68 clubes na Série D, 10% tem a obrigação de subir e o América-RN está nesse grupo. O América-RN é o time a ser batido e nós temos que bater naqueles que passam na nossa frente - completou. 
Por GloboEsporte.com, Natal

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Ex-ASSU, Adham é um dos destaques do Maranhão

Adham é um dos destaques do Maranhão
Finalizando a preparação do MAC para a estreia na Série D, o técnico Ruy Scarpino tem apenas uma dúvida sobre a escalação do time atleticano. Gabriel deve perder a titularidade para o lateral-direito Michel, o que possibilita a atuação de Rômulo Ferreira como volante e Éder Guerreiro pela meia esquerda. Tenho uma dúvida nos volantes. Temos o Sandro e estou tentando usar o Rômulo por dentro. Nossa dúvida maior é no ataque por causa do maior número de opções. A prioridade é definir o setor do meio - explicou o treinador. Sobre as opções do ataque, além de Emerson e Naoh completando o time, Ruy Scarpino ainda conta com Jonas e Gabriel no banco. A tendência é que Emerson ou Gabriel seja um dos titulares na estreia. Dessa forma, o MAC deve ser escalado com Rodrigo Ramos; Michel, Ramon, Yuri e Chico Bala; Sandro Bacabal, Eloir, Eder Guerreiro ou Adham, Gabriel, Emerson e Naoh. O MAC encara o Potiguar no domingo, às 17h no estádio Edgarzão em Assu.
Por Bruno Alves, GloboEsporte.com, São Luís 

Potiguar anuncia Mastrillo como treinador

Mastrillo foi contratado (foto divulgação)
Conforme prometido, o Potiguar revelou na tarde de ontem quinta-feira (18) o nome do técnico substituto de Edivaldo Oliveira, demitido na segunda-feira passada (15), com apenas uma semana de trabalho no clube. Trata-se do baiano Mastrillo Veiga, de 51 anos. Ex-jogador, que atuava como volante, o novo técnico trabalhará pela primeira vez na função dentro do estado do Rio Grande do Norte. Antes, havia passado como atleta, tendo defendido o América de Natal. A contratação de Mastrillo era uma tendência e foi antecipada na segunda-feira passada, pelo Portal F9. A apresentação do novo técnico alvirrubro para a disputa da Série D acontece nesta sexta-feira (19), quando assumirá o time em treino programado para 15h30, no campo da Ufersa. Na prática, o novo treinador alvirrubro terá apenas um treino para definir o time que estreia na Série D, domingo (21), em Assu, às 17 horas, contra o Maranhão.
Ficha
Nome: Francisco de Assis Veiga Mastrillo
Data de nascimento: 01.01.1966 - Local: Ilha de Itaparica-BA
Clubes: Crateús-CE (2004 e 2008), Uniclinic-CE (2006 e 2011), Boa Viagem-CE (2007), Guarany de Sobral-CE (2207), Ipitanga-BA (2007), Nacional de Santa Inês-MA (2008), Bacabal-MA (2009), River- PI (2009), Videira-SC (2010), Maguari-CE (2010), Limoeiro-CE (2011), CSE-AL (2012), Imperatriz-MA (2012), Maranguape (2015) e Atlético de Alagoinhas-BA (2017).

Fábio Oliveira/F9.net.br
Com informações da ACDP

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Robson utiliza experiência para ajudar o América-RN

O volante Robson chegou ao América-RN há uma semana com a experiência da conquista do acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. O atleta participou da campanha do Ypiranga-RS na Série D de 2015, quando o time foi até a semifinal e subiu para a Terceirona. Para repetir o feito no Alvirrubro, o jogador corre contra o tempo para conquistar o entrosamento com o restante do elenco antes da estreia e superar as dificuldades da competição - onde é preciso passar por quatro fases para chegar ao acesso. Já tive oportunidade de jogar a Série D. É uma competição muito difícil. Tive o acesso da Série D para a C com o Ypiranga-RS em 2015 e conheço a dificuldade da competição. Tem que ter dedicação ao máximo, atenção ao que é pedido pelo professor e entrar concentrado para conseguir o melhor resultado - enfatizou o volante.
Robson pretende utilizar experiência na Série D para ajudar América-RN(Foto: Canindé Pereira)
LEIA MAIS>> América-RN sua a camisa para conquistar entrosamento; Guto reaparece

O grupo do América-RN é o A9, que conta com o Murici, Jacobina e Sergipe. O torcedor alvirrubro tem na memória recente apenas o Sergipe, adversário do Mecão na Copa do Nordeste. Os resultados não foram positivos, com duas derrotas nos dois jogos da primeira fase: 1 a 0 em Aracaju e 2 a 0 em Natal. Do elenco que disputou esses jogos restam poucos, mas a dificuldade dos oponentes é alertada. Não vai ter jogo fácil. Todas as partidas são dificeis. É preciso estar concentrado e ligado o tempo inteiro para conquistar os objetivos, passo a passo, jogo a jogo, para ter o acesso - continua o volante.
Entre os titulares
Desde que chegou ao América-RN, Robson aparece entre os titulares nos coletivos comandados pelo técnico Leandro Campos. O jogador também esteve na equipe inicial no amistoso contra o Campinense, no último sábado. Para ele, ainda não existe lugar certo no Alvirrubro e a dedicação permanece para levar o time de volta à Série C do Campeonato Brasileiro. Há quatro dias da estreia em casa contra o Murici, às 16h deste domingo, a ansiedade aparece. A minha expectativa é a melhor possível. Eu acho que vim para um grande clube. A gente quer vir para cá, mostrar o trabalho e poder fazer o melhor para conseguir o acesso. Quero ajudar o América-RN nessa trajetória. Independente de jogar ou não, isso é o professor quem sabe. Se eu tiver a oportunidade quero entrar para fazer o meu melhor - completou. 
Por GloboEsporte.com, Natal

Geninho dá bronca em treino e segue com dúvida para enfrentar o Inter

O treinamento do ABC de ontem quarta-feira foi marcado por muita cobrança de Geninho para os homens de criação e do ataque. O treinador optou por não realizar o coletivo e focou a atividade em um trabalho de finalizações, mas saiu de campo chateado com o baixo rendimento do elenco. Ele paralisou o treinamento por diversas vezes para reclamar das jogadas no ataque. O Mais Querido realiza o último treino em Natal na manhã desta quinta-feira, no CT Alberi Ferreira de Matos, e embarca para Porto Alegre às 14h15. Elogiada por Geninho após a estreia na Série B, a parte defensiva do Alvinegro não sofrerá alterações e vai permanecer com Edson no gol; os laterais Bocão e Eltinho; os zagueiros Oswaldo e Cleiton; e os volantes Anderson Pedra e Felipe Guedes. Do meio para a frente, o treinador criticou a lentidão para a execução das jogadas e revelou que ainda tem uma dúvida antes de confirmar a equipe titular. No primeiro jogo, Gegê, Echeverría e Erivélton foram utilizados. Zotti, contratado para a Segundona, é outra opção para o setor.
(Foto: Andrei Torres/ABC)
Acho que a gente tem que melhorar bastante, com uma saída rápida e uma recomposição rápida. A parte da defesa está boa, mas o setor ofensivo precisa melhorar, com boas finalizações. É preciso ter um bom aproveitamento no treino para ter o mesmo nível no jogo. Acabou saindo uma bronca geral, porque as coisas não estavam como o planejado. Uma bronca naquele momento foi para chamar a atenção do grupo. Em alguns momentos, é importante dar essa chamada para despertar o elenco. Devo definir a equipe apenas amanhã (quinta-feira) pela manhã. Até o meio, eu não tenho dúvida. As dúvidas são da meia para a frente - contou Geninho.
O objetivo do ABC é "beliscar" um ponto do Internacional e, conforme enfatizou o técnico Geninho, permanecer pontuando na competição. Para o treinador, a missão fora de casa será complicada, mas se o Mais Querido conseguir pelo menos o empate será bom para o planejamento do clube na competição. A nossa ideia é tentar trazer o maior número de pontos de lá (Beira-Rio). O que a gente conseguir tirar do Inter será importante, porque não serão todas as equipes que farão isso. Se somarmos um ponto vai ser bom. Se somarmos três, será ótimo - planejou. O treinador alvinegro voltou a citar a limitação orçamentária como um problema para o ABC ao longo da competição. Com pouco poder para investimento, Geninho tenta extrair ao máximo as qualidades das peças que tem no grupo. Ele ainda confessou que, até a quinta rodada, os jogadores vão enfrentar muitas dificuldades, em razão de diferentes estilos de adversários. Temos que procurar a solução aqui dentro. Serão muitos jogos ao longo do ano, deveremos ter muitas mudanças, seja por lesão, por suspensão, por opção técnica. Por isso, o time tem que estar bem. As primeiras cinco rodadas serão bem complicadas, mas ainda é muito cedo para avaliar. É um campeonato muito longo e, nos últimos anos, alguns clubes demonstraram que perdem o fôlego ao longo da competição - analisou o treinador.
Por GloboEsporte.com, Natal

Palmeiras de Baraúna planeja disputar segunda divisão do RN

Após o jogo-treino entre Palmeiras, da cidade de Baraúna, e Potiguar de Mossoró, disputado no sábado passado (13) em Baraúna, o jogador, presidente do clube baraunense e secretário municipal, Andércio Barbosa, revelou que há projeto de incluir o alviverde na disputa da segunda divisão do Rio Grande do Norte já nesta temporada. De acordo com Andércio, em entrevista ao repórter Marcos Santos, do programa Prorrogação, da TV Mossoró, o sonho é antigo e agora ganha corpo com um maior envolvimento dos desportistas locais. Baraúna é uma cidade distante 36 quilômetros de Mossoró, com população estimada em 27 mil habitantes (de acordo com censo de 2014) e sua economia gira basicamente em torno da agricultura, pecuária e indústria.
Confira a entrevista:

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Globo FC ajusta detalhes para estreia na Série D

A saída do volante Pablo Oliveira abriu uma vaga no meio-campo do Globo FC. Às vésperas da estreia na Série D do Campeonato Brasileiro, a Águia segue em ritmo forte de treinamento em Ceará-Mirim e se prepara para enfrentar o Parnahyba, no Estádio Mão Santa. O técnico Luizinho Lopes confirmou ao GloboEsporte.com que o clube vai buscar um novo volante no mercado. As outras duas baixas - saíram o volante Leomir e o atacante Luizão - serão repostas com jogadores formados nas categorias de base da equipe. Saíram três jogadores. Pablo teve confirmada a saída ontem (terça-feira) e só para a vaga dele teremos reposição. As demais, não. Ficarão disponíveis os espaços para novas oportunidades aos jovens do grupo. De antemão, nós não temos autorização para novas contratações, só repondo a vaga deixada pelo Pablo - revelou Luizinho. 
Luizinho Lopes acerta os últimos detalhes no Globo FC para a estreia contra o Parnahyba (Foto: Rhuan Carlos)
Da equipe titular que foi vice-campeão potiguar, os outros oito jogadores estão confirmados para o jogo deste domingo. O time é composto por Rafael; Ângelo, Negretti, Jamerson e Renatinho Carioca; dois volantes, Bismarck, Tiago Lima; Romarinho e Gláucio, que atuou na decisão do estadual contra o ABC e que será o dono da camisa 9 do Tricolor no Brasileirão. Para a posição de volante, o Globo tem no elenco profissional jovens atletas como Cosme e Erick, que integraram a equipe no estadual deste ano. A Águia faz o último trabalho em Ceará-Mirim nesta quinta-feira e viaja para Parnaíba na sexta pela manhã. No sábado, o elenco faz um treinamento pela tarde e entra em campo no domingo, às 17h, contra o Parnahyba, no Estádio Mão Santa. O Tricolor está no grupo A5 da Série D, que ainda tem América-PE e Guarani de Juazeiro. Seguimos com o nosso treinamento e o planejamento para a estreia na Série D será com a viagem na sexta-feira pela manhã, em um deslocamento grande. Treinaremos lá no sábado à tarde para jogar no domingo. No mais, segue o mesmo plantel para a Série D. Mais para frente, se as coisas melhorarem financeiramente, pode ser que a gente invista em alguma situação. De momento, vamos manter a base da equipe e dar oportunidade aos garotos do clube - completou.
Por Jocaff Souza, Natal

Ex ASSU e destaque do Globo vai para o Guaraní

O volante Pablo Oliveira, um dos destaques do Globo FC nos últimos dois anos, foi emprestado pelo clube de Ceará-Mirim ao Guarani e vai integrar a equipe de Campinas na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogador de 21 anos deve seguir para o novo clube nesta quinta-feira. Ao GloboEsporte.com, Pablo falou sobre a negociação, conduzida pelo técnico Luizinho Lopes, e a expectativa em vestir a camisa do Bugre, vice-campeão da Série C do Brasileirão de 2016. Desde a semana passada que alguns diretores do Guarani já estavam em contato com Luizinho (Lopes, técnico do Globo FC) e ele estava passando para mim. Nessa semana, chegaram aos valores do empréstimo e deu tudo certo. A viagem deve ser na quinta-feira, porque a documentação já foi enviada com todos os pontos do contrato, com a opção de compra. Deu tudo certo, graças a Deus - contou o volante, que estendeu o vínculo com o Globo até o final de 2019. 
(Foto: Rhuan Carlos/Globo FC)
No Guarani, Pablo Oliveira vai trabalhar com o técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, e alguns jogadores experientes como Fumagalli e Richarlyson. O jovem atleta espera conquistar espaço na equipe e só pretende voltar para casa, no Rio Grande do Norte, para mostrar as vitórias na carreira e desfrutar das férias com a família. Eu tenho as melhores expectativas do mundo em jogar uma Série B. É uma competição totalmente diferente das que eu já joguei, espero fazer boas partidas, conquistar meu espaço e, se Deus quiser, voltar para casa só de férias - completou. Gildson Pablo de Oliveira Silva é natural de Natal e começou a carreira nas categorias de base do ABC e disputou a Copa do São Paulo de Futebol Júnior, em 2013, pelo Alvinegro. Vestiu ainda a camisa do Currais Novos durante a segunda divisão potiguar de 2014. No ano seguinte, teve uma rápida passagem pelo Santa Cruz-RN no estadual. Em seguida, foi para o ASSU e foi campeão da segunda divisão. Em 2016, foi contratado pelo Globo e acabou premiado como revelação e um dos melhores volantes do Campeonato Potiguar. Após a eliminação da Águia na Série D, acabou emprestado para o América-RN e disputou apenas dois jogos na Série C do Brasileirão. Esse ano, foi vice-campeão potiguar pelo Globo.
Por Jocaff Souza, Natal

Edgarzão será a casa do Potiguar na série "D"

A dúvida de onde seria a estreia do Potiguar na Série D do Campeonato Brasileiro terminou na noite desta terça-feira, 16. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou, por meio de sua página oficial na internet, que o jogo entre o Alvirrubro e o Maranhão será no estádio Edgarzão, em Assu. Segundo a entidade que controla o futebol nacional, a mudança foi solicitada pelo clube mandante, no caso o mossoroense. A partida estava marcada para o Nogueirão, mas o Corpo de Bombeiros não liberou a praça esportiva para receber jogos. O duelo entre mossoroenses e maranhenses é válido pelo Grupo A5.
Demitido
Durou somente sete dias a passagem do técnico Edvaldo Oliveira pelo Potiguar. Na tarde desta terça-feira, 16, a diretoria do alvirrubro demitiu o técnico faltando somente cinco dias para a estreia do clube na Série D do Campeonato Brasileiro. De acordo com o DEFATO.COM, a metodologia de trabalho não agradou a cúpula alvirrubra e ao parceiro do clube. O nome do novo técnico do time deverá ser anunciado até esta quinta-feira, 18, conforme informa a assessoria de comunicação através do site oficial.
Fonte: blog do Ednaldo Moreno

terça-feira, 16 de maio de 2017

ABC inicia preparação para encarar o Internacional no Beira-Rio

Passada a ansiedade pela estreia na Série B, a conversa no ABC segue para a recuperação física e a busca pela evolução técnica nos próximos meses. Até novembro, muita bola vai rolar por vários campos e o Mais Querido quer se dar bem ao fim da competição nacional. Estreante com a camisa alvinegra, o lateral-direito Bocão gostou do desempenho pessoal, mesmo com o empate sem gols com o Paraná, no último sábado, no Estádio Frasqueirão. Nesta segunda-feira, apenas o grupo reserva e os atletas que não foram relacionados contra o Paraná participaram de um trabalho no CT Alberi Ferreira de Matos. Geninho, aniversariante do dia, apenas observou a atividade, que foi comandada pelo preparador físico Ranielle Ribeiro. O próximo desafio do ABC será contra o Internacional, que é o "time a ser batido" na Série B, segundo Bocão. O jogo está marcado para o próximo sábado, às 19h, no Beira-Rio, em Porto Alegre. O jogador ressaltou o nível de investimento do adversário, o maior da competição, mas acredita que o clube potiguar vai conseguir fazer uma boa apresentação fora de casa. O lateral-direito alvinegro destacou que o objetivo da equipe é continuar pontuando, independente se for um empate ou a vitória, que pode colocar o Mais Querido em uma colocação mais confortável na tabela. Apesar de ter a expectativa de muita pressão da torcida adversária, Bocão revela uma estratégia que poder ajudar a equipe alvinegra longe de Natal: tocar a bola. 
Bocão foi o titular da lateral-direita do ABC na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro (Foto: Jocaff Souza/GloboEsporte.com)
(O Internacional) é o time a ser batido na Série B, é um time forte, com poder de investimento alto na competição... Mas, vai ser um jogo muito bom. Estamos indo para o Sul para jogar, para impôr o nosso ritmo, independente de ser o Inter, sempre respeitando, mas jogando bem e fazendo a nossa parte, tentando roubar algum ponto. É um campo bom para se jogar, bastante toque de bola. Se a gente fizer isso e tiver paciência vai fazer um jogo bem parelho em campo - reforçou o jogador.
Se ABC e Internacional se mostram como com perfis diferentes quanto ao nível financeiro, a ideia de que o Colorado entra como favorito em campo é descartada por Bocão. Para o lateral alvinegro, o futebol atual, e principalmente, a Série B estão em um nivelamento técnico entre os clubes. O jogador conta que a equipe que se entregar mais e buscar o resultado até o último minuto vai conquistar a vitória. O futebol de hoje está muito nivelado, tanto é que o Internacional está na Série B. Então, o futebol está bastante igual, 11 contra 11, e quem correr mais e se esforçar mais vai dar um passo importante para ganhar o jogo. Quem fizer as coisas mais certas vai sair vitorioso - completou.
Boa estreia pelo Mais Querido
Bocão foi contratado junto a Ferroviária, ficou cerca de 20 dias sem atuar após o fim do Campeonato Paulista e ainda busca o melhor rendimento no ABC. O jogador aperfeiçoa os trabalhos físicos e, aos poucos, vai acertando o entrosamento com o restante do elenco. Mesmo assim, considerou o primeiro jogo como importante e gostou do "pontinho" em casa, que pode ser valioso para a sequência do campeonato. Foi uma estreia boa. Acabou o Paulistão e eu estava cerca de 20 dias parado. Então, acho que foi válido. Quanto ao jogo, é um ponto, é um campeonato de pontos corridos e esse pontinho vai fazer diferença lá na frente - contou o lateral. Além de Bocão, o lateral-esquerdo Eltinho também estreou pelo ABC no último sábado. Para o técnico Geninho, a dupla não comprometeu o rendimento da equipe alvinegra, mas ainda podem atingir um nível de futebol superior ao que foi demonstrado na primeira partida. O treinador espera que com as próximas rodadas e o nível de entrosamento maior, os atletas possam jogar melhor. Eles não foram mal. Jogam mais do que jogaram. Os dois sem aquele ritmo, o que é normal, e sem o conhecimento maior do grupo. Vão passar a render mais na hora que eles conhecerem melhor os jogadores que estão ao lado deles, na hora que começarem a jogar mais. Aquele entrosamento que naturalmente só acontece com os jogos - projetou Geninho. 
Por GloboEsporte.com - Natal

América-RN planeja chegada de três jogadores para reforçar o elenco para a Série D

A diretoria do América-RN planeja a contratação de mais três jogadores até a estreia na Série D do Campeonato Brasileiro, que acontece neste domingo contra o Murici, às 16h, na Arena das Dunas. Com a saída do zagueiro Yago para o Campinense, que acertou com o Campinense, o Mecão precisou alterar os planos para ter cinco zagueiros no elenco, que é um pedido do técnico Leandro Campos. No atual grupo, estão Richardson e Paulão, remanescentes do Campeonato Potiguar, e Dão e Cleyton, contratados para a Série D. Porém, a prioridade continua sendo o "camisa 9". Para completar o trio de reforços, um lateral-direito deve chegar ao clube para disputar a posição com Robert, que vem atuando como titular nos coletivos e iniciou os dois amistosos da equipe na última semana.
Leandro Campos conversa com Paulão e Cleyton para a estreia na Série D (Foto: Canindé Pereira/ América FC)
Além do centroavante que estamos conversando, precisamos de um lateral-direito e com a saída do (zagueiro) Yago, nós temos que suprir a zaga. Ficamos com quatro (zagueiros) e precisamos de pelo menos de cinco. Dentro dessas contratações, o centroavante é o principal. Temos o Lucão, que precisa de mais tempo e condicionamento para ter um rendimento melhor. Se não vier o centroavante para esse primeiro jogo, nós temos duas opções para ter um pouco mais de referência: o Lucão e o Bruno (Furlan). É o que temos em mãos. Não temos muitas opções hoje e é preciso fazer a melhor escolha para a equipe. Nós jogamos em casa (no domingo) e é muito importante sair com o resultado positivo - disse o técnico Leandro Campos. A seis dias da estreia na competição nacional contra o Murici, Leandro Campos sofre com a ausência do volante Sidney, do meia João Gabriel e do atacante Wellington Sabão, que seguem entregues ao departamento médico. As boas notícias são os retornos do volante Guto e do meia Somália, ambos em fase de transição física e que serão reavaliados durante essa semana. Nós temos o Somália e o Guto em fase de transição. Espero que pelo menos o Guto, até pela necessidade de volantes no time, esteja no próximo jogo - completou o treinador. 
Por GloboEsporte.com, Natal

domingo, 14 de maio de 2017

União/Upanema conquista o Bi Campeonato infantil da LAD em Assu

I - No último dia 13/05/2017 foi realizada a partida final do 11º Campeonato Assuense de Futebol Infantil 2017 (ano base 2002), organizado pela Liga Açuense de Desportos em parceria com a Prefeitura Municipal do Assú e apoio da Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol (FNF).
II – Na disputa pelo título de campeão a equipe do União venceu a equipe do ABC da Mutamba pelo placar (2x1). Antonio Henrique marcou 2 gols para o União enquanto Talisson Vinicius descontou para o ABC.
III – Com esse resultado a equipe do União Esporte Clube tornou-se BI-CAMPEÃ da competição Infantil. 
IV – Foram marcados 80 gols em 23 partidas, perfazendo uma média de 3,5 gols por partida, tendo como ARTILHEIRO o atleta Antonio Henrique Nunes Alves da equipe do União com 14 gols.
V – O melhor goleiro da competição foi o Atleta Kervin Cauê Gondim da Silva da equipe do União.
VI – A classificação geral da competição ficou assim definida:
1. União                                18 pts - CAMPEÃO
2. ABC da Mutamba          12 pts
3. Metal Clube                    10 pts
4. Morada Nova                    8 pts
5. Corinthians                       6 pts / 1gs
6. Independente                   6 pts / -5gs
7. Baixada Fluminense        4 pts
8 Vilence                                3 pts
9. Dinamarca                         0 pt / -7gs
10. Santa Cruz                       0 pt / -8gs
VII - A premiação da competição foi a seguinte:
a) CAMPEÃO: 01 troféu, 25 medalhas e 01 bola.
b) VICE: 01 Troféu, 25 medalhas e 01 bola.
c) ARTILHEIRO: 01 troféu.
d) MELHOR GOLEIRO: 01 troféu.
VIII – Todas as despesas da competição foram custeadas pela LIGA AÇUENSE DE DESPORTOS, sem custos para as equipes participantes, em função do Convênio firmado com a PREFEITURA MUNICIPAL DE ASSU que tem como objeto a “Manutenção e conservação do Estádio Edgard Borges Montenegro ‘EDGARZÃO’ e a promoção de atividades esportivas locais”.
Assú – RN, 14 de maio de 2017.
Francisco das Chagas Soares
Presidente